quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Tutorial do homem feminista

por Letícia Bahia


Você assistiu ao discurso da Emma Watson, deu um vibrador de presente para a namorada e leu o primeiro volume d'O Segundo Sexo. "Sou feminista!", você diz, batendo no peito. Calma, querido. Reconhecemos e valorizamos suas boas intenções, mas antes de pleitear sua carteirinha, desce daí e vamos conversar. Veja se você consegue seguir estes conselhos e aí nós avaliaremos a possibilidade de dizer que você é pró Feminismo.

1. Reconheça-se como opressor, mesmo que você - aplausos - nunca tenha estuprado ninguém. Se você estiver concorrendo comigo por um emprego, suas chances são estatisticamente maiores. Quando você é promovido, ninguém suspeita que seu pênis possa ter dado um empurrãozinho. Você faz parte de um gênero que tem mais representatividade política do que o meu. Se eu sair sem camisa, posso ser presa. As pessoas não te julgam pelo tamanho da sua roupa, nem presumem que você é infeliz por ser solteiro depois dos 30. Ah, já ia me esquecendo! Eu também tenho mais chances de ser estuprada do que um homem. Em suma: você tem privilégios que as mulheres não têm. Você é beneficiário do patriarcado.

2. Ouça o que temos a dizer. Essa é a atitude mais pró Feminismo que um homem pode ter. Não queira ocupar um lugar no movimento. Pergunte e aprenda, mas entenda que o Feminismo é um movimento das mulheres. Se isso faz você se sentir excluído, estude um pouco mais o item 1. Fique quieto inclusive diante dos incômodos que esse texto lhe trouxer. O Feminismo se contrapõe a quase tudo que você aprendeu, direta ou subliminarmente, por isso é natural que provoque estranhamento. Lembre-se de que todos os contra argumentos que você acabou de pensar são frutos da cultura patriarcal. Aposto um doce que não tem mulher na lista de pensadores que te ocorreram. Ou você estava pensando em fundamentar sua réplica em Simone de Beauvoir e Gloria Steinen? Ah, você não ia embasar sua opinião? Ia só dizer o que você acha? Faz favor, querido, vai brincar lá fora que isso aqui é conversa de adulto.

3. Seja gentil com pessoas de todos os gêneros. Sabemos abrir portas e até mesmo vidros de palmito. Ser cortês é bacana. Ser cavalheiro é machismo. Ah, e nós também gostamos de segurar a porta do elevador pra você. Será que você consegue conviver com isso?


5. Pare de dar tanta importância à nossa aparência. Não somos o vaso da sua sala, porra. Interagir com desconhecidas na rua nos objetifica, porque a única coisa que te move nessas circunstâncias é a nossa estética. Não queremos o seu fiu fiu, só queremos ir ali onde estávamos indo mesmo. Juro.

Homem beija mulher desacordada.
6. Quando uma mulher disser "não", pare imediatamente. Se for apenas parte do jogo da conquista, talvez você perca a foda da noite ou - oh! - seja taxado de - oh! - frouxo. Se não for, parabéns, você acabou de não se tornar um estuprador. A maioria dos estupros não envolve correntes ou pancadaria. A maioria dos estupros envolve conhecidos da vítima, situações confusas e vínculos emocionais. Importante dizer que desde 2009 uma alteração no Código Penal ampliou a definição de estupro, que passou a abranger não apenas a penetração do pênis na vagina, mas também qualquer ato libidinoso. Talvez nesse momento você tenha acabado de descobrir que já estuprou algumas garotas, como deve ter acontecido algumas vezes com o Ares Bruno, autor do “artigo” Porque não desistir quando a mulher diz não? e co-proprietário da Seduction Life. Vale lembrar que quando uma mulher está desacordada, como a Branca de Neve ou a Bela Adormecida, ela não pode oferecer resistência. Nesse caso, o artigo 217 também tipifica a prática como estupro. Ops, mais alguns meninos se descobrindo estupradores. 


Homem beija mulher desacordada. De novo.
7. Não chame a presidenta de presidente. Sim, nós sabemos que “presidente” é substantivo comum de dois gêneros. Acontece que nós, mulheres, temos pouquíssima inserção nos espaços de poder, e cunhamos essa nova palavra para marcar a presença feminina na política. Se o seu preciosismo linguístico é mais importante do que isso, você é machista.

8. Não existe mulher machista. Estas moças às quais você se refere dessa maneira são vítimas tão cooptadas pelo patriarcado que não se dão conta de que estão reproduzindo uma lógica que oprime seu próprio gênero. Se você assistiu Django Livre vai se lembrar do escravo que tomava conta da mansão, destratava todos ou outros "crioulos" e todos os dias deslizava com delicadeza uma lâmina de barbear no rosto de seu senhor. Você não acha que esse pobre coitado é um algoz, acha?

9. Não nos diga o que fazer. Homens pseudo feminista fazem isso o tempo todo. Outro dia li um texto de um destes espécimes sugerindo que as mulheres parem de usar sabonete íntimo, "porque homem de verdade gosta de cheiro de boceta". Falocentrista até não poder mais. Será que eu devo agradecer pela liberdade concedida? Mais alguma instrução para minha higiene pessoal?

10. Não, vaca não é a sua mãe, nem a minha, nem a do seu chefe, muito menos a presidenta. Vaca é a mãe do bezerro. Mulheres que dão para quem quiserem tem outro nome: livres.

Se você chegou até aqui sem ímpetos de contra argumentação ou de "mostrar pra ela", ótimo, você está caminhando para desconstruir seus machismos. Mas não espere aplausos: lutar por igualdade não é favor. Siga em frente e converse com seus amigos que ainda estão no lado de lá. Mas se você discordou de tudo e está se coçando pra contrariar o item 2, você encontrou a feminista certa. Sou um poço de paciência, explico de novo e de novo até você entender. Mas antes de deixar seu comentário me chamando de feminazi, estude, estude muito, porque homem machista não gosta de perder discussão pra mulher.



33 comentários:

  1. https://www.youtube.com/watch?v=G0J9KZVB9FM

    ResponderExcluir
  2. Olá Letu, a Helena me recomendou o seu blog. Achei bem legal, contundente e consistente. Parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Graaaaaande Carneiro!!!! Que bom que você veio me visitar! Fico muitíssimo honrada, e mais ainda com os elogios! Espero que volte sempre, e lembre-se de que aqui a gente adora quando os convidados resolvem dar uma palinha! Se tiver algo a dizer, manda aí um texto pra nóis! Beijo grande!

      Excluir
  3. Farei o papel de advogado do diabo, primeiramente sou homem o que por si só já é o suficiente para invalidar tudo que eu disser, mas vamos lá:

    Item 1 - Concordo!

    Item 2 - Não sei se entendi seu ponto por completo. Acredito que o homens não devam assumir o protagonismo/liderança do movimento, entendo por isso que sejam mulheres que devem ser (é são) as principais influenciadoras e determinantes no feminismo já que são as principais prejudicadas pelo machismo (entenda por mulheres um sentido mais amplo, para não transcorrer em transfóbia, como infelizmente observei algumas feministas fazendo). Porém entendo que homens possam sim falar e discutir sobre feminismo - até por que as mulheres não são as únicas que são prejudicadas pelo machismo - não vejo por impedir que um homem possa escrever sobre ou mesmo pro exemplo participar de passeatas a respeito.
    Outra observação seria esse seu ponto:
    "Aposto um doce que não tem mulher na lista de pensadores que te ocorreram."
    Reconheço o valor disso como uma denúncia histórica, mas isso também poderia suscitar que o embasamento em algum pensador do sexo masculino, não teria teria valor tão somente pelo seu sexo, e não necessariamente pela ideia expressa.

    Item 3 - Concordo!

    Item 4 - Discordo, se o aborto fosse um assunto puramente de liberdade individual eu tenderia a concordar (não necessariamente concordaria, tenho que pensar mais). Mas ele também é um assunto de saúde pública e social, um medico que observa diversas mulheres morrendo por causa de abortos clandestinos, ou um cara que virou pai porque a mulher (que queria) não deve a opção de abortar não poder expressar sua opinião é pra mim babaquice. [IMPORTANTE: a decisão de abortar ou não dever ser sempre da mulher].

    Item 5 - Sobre o assédio moral concordo. Sobre [se for no contexto da relações entre os sexos] - "Pare de dar tanta importância à nossa aparência" - não sei qual é a medida desse "tanta importância", mas a aparência é sim um fator importante (influencialmente) para ambos os sexos, tanto para héteros como para homossexuais.

    Item 6 - Concordo!

    Item 7 - Concordo!

    Item 8 - Entraremos na polêmica homens podem ser feministas ou mulheres machistas. Uns têm a ótica que nenhum dos dois podem naturalmente ser nada disso. Outros preferem classificar pelas atitudes e ideias das pessoas, se a pessoa corrobora mais pro machismo seria machista e vice-versa. O mesmo valeria pra racismo, homofobia dentre outros. Não vejo que impede alguém de ser seu próprio algoz. Lembrando dificilmente alguém seria 100% machista ou feminista. Mas como não existe órgão regulamentador pra fornecer a carteirinha de feminista ou machista, vou mais pela identificação da pessoa ou como ela ver os outros.

    Item 9 - Acho que essa cagação de regras veem de ambos os lados "mulheres sejam mais assim" ou "homens sejam mais assim". São, em geral, chatas e bacabas.

    10. Concordo, assim como galinha é apenas um animal rsrs.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos lá, caro anônimo!

      2 - É preciso que não sejamos ingênuos! Se na esfera dos encontros individuais todos podemos dar a mão e sermos amiguinhos, sabemos que quando tiramos a lente de aumento e olhamos a coisa a partir dos grupos de gênero, o que se dá é uma disputa de poder. Se nós ganharmos poder, vocês perdem. Para haver mais mulheres no Senado, terá que haver menos homens. Será que, para aqueles que acreditam que a igualdade é um valor, seria possível dar-no uma licencinha para que nós possamos ter voz? Bora trocar ideia no boteco? Bora. Mas na hora da luta política, na hora de conquistar espaço em nome de um grupo, não admitirei que este espaço seja (ou melhor, continue a ser) ocupado por meninos. Homem subindo no palanque de coletivo feminista, vamos combinar, é um contra-senso!

      4 - Me parece que você chegou a mesma conclusão que eu, não? E, veja, eu entendo que o aborto seja sim uma questão puramente de liberdades individuais . no caso, a da gestante.

      5 - Nossa aparência, você sabe, é muito mais importante do que a de vocês. Vá a uma banca ver as capas de revista! Vá a uma clínica de estética, veja o tamanho da receita investida por mulheres para modificar seus corpos e compare com o montante que os homens gastam com isso! Sim, sim, vamos tentar todos sermos mais profundos e focar na <3 beleza interior, mas alto, lá, colega: essa situação aqui não é simétrica.

      8 - Quando afirmo que não existe mulher machista, estou fazendo uma afirmação política. Penso que seja importante colocar cada um no seu devido papel. Não, não é possível ser algoz de si mesmo. O nome disso não é algoz, é masoquismo. E não, tampouco essas "mulheres machistas" são masoquistas. Essa situação só é possível por conta da alienação histórica do gênero feminino. É expressão da falta de articulação da mulher e da naturalização da ideia de que ela existe em função do homem, uma ideia que desejo desconstruir. Não considero razoável colocar a mulher como responsável por sua própria desgraça - embora acredite que ela possa ser responsável por sair dela!

      9 - Vindo de quem quer que venha - sim às vezes ela vem de "mulheres machistas" - a cagação de regra sempre está a serviço de manter a mulher no seu "devido lugar". Sempre está a favor do patriarcado.

      10 - Novamente, vamos tomar cuidado com a falsa simetria, sim?

      Grande abraço e valeu pelo comentário enooooorme!

      Excluir
  4. sobre o item 6, qual o problema do autor do artigo citado? ele simplesmente descreveu uma verdade. Se as mulheres dissessem "tente outra vez" ou "continue que ainda nao chegou la", ao inves de dizerem nao, nem haveria essa polemica.

    ResponderExcluir
  5. (Eu comentei uma vez, acho que não publicou, vou comentar de novo, se forem dois comentários não me matem).
    Olá, estou tentando fazer o melhor que eu posso atrás de crescimento pessoal no que se diz respeito a esse assunto. Dizem que "omi é tudo burro", eu sou mesmo hueheuheuheue, juro que estou tentando. Não fiquem bravas comigo.
    Gostaria de saber até onde "ser cortês" é considerado "não machista". O que eu faço/digo quando me forem feitos comentários ou posicionamentos feministas(vindo de mulheres) e eu não tiver a opção de não falar nada(se eu concordo eu sou esquerdomacho escroto atrapalhando a causa; se eu discordo eu sou machista escroto atrapalhando a causa). Como desconstruir meu machismo(essa é bem vaga), no que se diz respeito a ter mais facilidade pra conseguir emprego, por exemplo, eu não consigo influenciar contra esse tipo de machismo diretamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafael, meu caro, não fique bravo com as mulheres que ficam bravas com você! É que às vezes a gente enche o saco e acaba sobrando pra meninos bem intencionados, sabe?

      Cortesia nunca é machismo! Cavalheirismo, sempre. Lá no item sobre isso tem um link de um texto que fala só sobre isso! Enjoy!

      Eu também não sei como desconstruir o machismo do mundo, mas a gente estar aqui conversando sobre isso é bom sinal, não? Tenha paciência, Rafa, lembre-se de que nós temos que lidar com barras muito pesadas e às vezes a gente explode por conta disso. Que delícia a sua abertura! Se eu puder ajudar, vai ser um prazer! Convido você pra seguir o Lagarta lá no Face, o linl tá no final do texto.

      Obrigada pela mensagem!

      :-)

      Excluir
  6. HAHAHAHAH' adoro esses blog's, homem feminista....era melhor esse tutorial
    ter somente a seguinte frase: "diminua a testosterona do seu corpo, corte seus
    testículos, e seja o mais politicamente correto possível...isso seu pai, se tiver um presente,
    vai sentir vergonha de você"

    Eu vou esclarecer alguns pontos aqui, sei que não vou convencer você mas me divirto com isso.

    Ah, estudar? Mulheres discutem a nível emocional, talvez seja por isso que você nunca mudara de
    ideia, ao menos que discutamos no mesmo ambiente ;)

    Antes de tudo vamos esclarecer o seguinte. Mulheres desde o inicio da sociedade vêm aprimorando
    sua inteligência emocional como modo de se manterem vivas, exemplo, moça qualquer que vivia algumas seculos
    atrás ou era gentil, comportada e amável ou não casava...a mais isso é culpa do patriarcado...não amiguinha
    você acha mesmo que antes de cristo 3 machistas se juntaram e disseram: "oh vamos criar o patriarcado"...claro
    que não colega, homens saiam para caçar e as mulheres eram colhetoras e cuidavam dos filhos. Quem precisa
    ser paciente, carinhoso e ter melhor habilidades sociais? O cara que mata um javali ou a moça que ficava na tribo cuidando
    dos filhotes e catando frutinhas??? OHHHHHHH'

    Homens são racionais, seu machista opressor ta dizendo que mulheres são burras? Não amiga, vamos voltar
    para nossa caverna, hummmm, quem precisa analisar friamente as situações e não pode agir por impulso? O caçador ou a colhetora?

    Enfim pensem bem, não se atenham as escritoras feministas e as ideias da mídia, reflitam sobre o porque das mulheres serem diferentes
    dos homens, será porque as mulheres com certas características sobreviveram para contar historia? seleção natural!!!

    Ah esse texto vai ser longo...mas vamos meter a real, pegue sua coca-cola opressora.

    1-Ah para! Será que a competitividade feminina nas empresas não conta? Mulheres geralmente não gostam que mulheres mais bonitas
    que elas entrem na empresa..OHH seu machista....HIPÓCRITA...e que empregos vocês tem como base? Dirigentes de empresas né?
    Ah tá para ser "orea" seca na construção civil aposto que nenhuma espertinha reclama do machismo né hahahha...não vou explicar detalhadamente
    mas mulheres simplesmente vivem de ego, eu sei que você não vai assumi, nunca assumem, e não querem mulheres mais bonitas por perto, enfim
    reflita sobre a seleção natural. Coitada das mulheres que são promovidas e colocam a culpa em suas PPk's...ahhh que opressão. CALA A BOCA,
    homens são promovidos e os boatos são que fulano é filho do amigo do gerente, que fulano é boiola, que fulano é rico por isso foi promovido
    e etc...isso é só mais uma desculpa de fracassados...meu deus você acha que isso é opressão? o.O No mais só vitimismo nada de relevante.

    2- Homem que se preze nem leva a serio esses textos, lá vem um monte de lambedor de salto fala que apoia isso, meu filho olha as leis e olhe
    ao seu redor a cada dia o homem é mais humilhado e marginalizado, enquanto mulheres ganham vagão em trens e leis ridículas. Continue defendendo
    isso, só não reclame quando for preso por ter mandado sua esposa calar a boca depois de pegar ela fazendo uma festinha com 3 afrodescendentes na sua cama..
    ah ela vai fica com sua ksa, carro e seu filho e vc cornão vai dar gloria ao feminismo...UHULL

    3-Seja gentil....KKKKKKK...elas querem os privilégios do machismo, querem que cedam lugares no ônibus, querem ter privilégios em acidentes, primeiro
    mulheres e crianças, que paguemos os motéis/jantares, mas não querem ralar na construção civil? kkkkk piada

    4-É com certeza, você se reproduz sozinha né, legal, o pais é só um objeto sexual né.

    ...continua

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 100% verdade amigo, elas não se dão o respeito!

      Excluir
  7. 5-AHHHHHHHHHHHH ESSE TÓPICO É DOIDOOOOOO. Ah aparência não pode né? Mas conta bancaria pode? kkkkkk
    Quantos mendigos você já beijou? Nenhum né. E ajudantes de obra? E moto-boys? kkkkk, não vale seu colega da faculdade pobre..kkk.
    Então se você não quer dar chances para o cara que é fracassado em tudo que vocês dão valor, segurança, emoções, status e conforto, pq eu devo dar valor a gordinha do bairro?
    Se eu for só mais um pé rapado terei que me contentar com algumas mulheres rodadas, mães solteiras, gordinhas, bigodudas, feministas e outras coisas que homem de verdade não pega,todo homem sabe disso. Agora mulher não, pode parecer um monstro de feia mais procura seu príncipe encantado...kkkkkkk...a proposito vamos resumir todas as comedias românticas, ou melhor as pornografias emocionais femininas: Um cara destacado socialmente, bem sucedido e pegador larga tudo para ficar com uma mulher mediana e desastrada...kkkk SONHA FILHA. Não vai malhar e se cuidar não....ou continue do jeito que está os lambedores de salto e "homens" modernos estão ae...carentes.

    Enfim mulher quer: Segurança, seleção natural, não por força mas por $$, serem seguras que podem sair com vc, terem uma casa legal e etc; Status, isso, elas não vão se entregar para um cara tirado como nerd pega ninguém; Conforto emocional, querem que o cara se entregue de paixões, fique arriado os 4 pneus e o step para poderem fazer seus joguinhos emocionais tranquilo. Emoções, pq suas amiguinhas da escola ficavam com os bagunceiros maloqueiros e não com os nerds que dariam ótimos maridos? quanta lógica feminina não.

    O homem quer: beleza. E ponto, depois disso a gente classifica em vadia, marmita ou pra casar...NOSSA QUE OPRESSÃO...as novinhas do sexo casual devem ter morrido agora.

    Existem exceções, e até demais, homens modernos carentes e iludidos pela mídia aceitam qualquer porcaria para casar e depois se lascam no divorcio, e mulheres a depender da idade e situação, sim gorda com 32 anos você ta desesperada para casar, baixam os padrões.

    Nossa esse tópico daria um artigo....vamos para o próximo.

    6- kkkkkk ainda expõem o cara. Mulheres são emocionais aprenda isso, agora elas querem isso, jaja querem aquilo e assim flutuam suas emoções. NÃO, NÃOOOO SOU A FAVOR DO ESTRUPO, sua vitimista, simplesmente o cara deve levar em conta essas flutuações de humor. Para de ser hipócrita, "mãe vou pra balada pra dançar" ahammm sei, vai pra ser desejada e pegar algum cafa destacado, é devemos mesmo levar ao pé da letra o que elas dizem né. Ah claro que existem exceções, em certos casos realmente um não é não, ae cabe ao homem ter culhões de entender e ver até onde ele pode
    ir, até pq no mundo de hoje você forçar uma situação que ela não queria, em baladas e etc, é difícil em, qualquer grito dela você já esta no chão sendo espancando por outros machistas. No mais estrupo é um crime abominável, até pelos mais opressores, e deve ser punido severamente, inclusive uma boa é a castração química. E como eu estou pouco me importando com os politicamente corretos, vai uma definição doida: deixa pra lá, minhas piadas machistas faram vocês terem convulsões de vitimismo.

    Ah o estrupo é algo tão machista e opressor, inclusive acontecem centenas de estrupo, mensalmente, em presídios, nunca vi um
    homem feminista lutando pelo bem estar do órgão excretor dos presos.

    7- Será porque desde sempre, na sociedade ocidental, mulheres tem pouco espaço no poder? Seleção natural, homens lidam melhor com essas situações. Relaxa vocês são ótimas professoras e enfermeiras. No cry.

    ResponderExcluir
  8. 8- kkkkkkk não existem, mas existem moças honradas, SIM EU CONHEÇO, claro que não são um exemplo a lá década de 40, mas não são promiscuas, poligâmicas, egocêntricas e pensam fora da caixa, não são levadas
    por pensamentos da mídia nem de professores da faculdade com suas meias verdades de esquerda.

    9- Ok. Só para de comer fritas, você está gorda, e para de seguir tudo que seus professores e a mídia prega, afinal você não se diz tão diferente? Engraçado me parece só mais uma mulher moderna. Ah a mídia quer que você seja mais uma libertina sim, vide novelas e outras nojeiras.

    10- Mulheres que dão pra quem quiser são livres, mas eu prefiro de chamar de vacas promiscuas,...calma vou explicar...
    Mulheres curtem a vida enquanto são bonitas, e depois querem um homem pra casar, ou seja querem serem altamente promiscuas e não sofrer com a consequência dos seus atos. AH MAIS HOMEM PODE NÉ??
    Não, porém a sociedade diz que o cara tem que ser o pegador, ele vai e traça geral, porém existe uma grande diferença. Mulheres gostam de cafajestes que tiveram um passado de varias experiencias, para de ser hipócrita, tira a mascara mulher, isso se dá por seu inconsciente achar que já que outras fêmeas o quiseram significa que ele é um bom macho. Já o homem tem pavor de mulher rodada por seu inconsciente não querer criar filhote alheio.
    Uma pesquisa, não vou buscar a fonte pq já to perdendo tempo de mais nisso.....diz que as mulheres americanas nunca foram tão tristes e infelizes como atualmente, enquanto os homens estão mais felizes, isso se dá primeiro ao homem, por natureza, não ficar se vitimizando e fazendo drama, até porque hoje o homem sofre muito mais, ah cala a boca seu namorado de merda que faz drama com uma gripe é só mais um moderninho lambe salto, e depois hoje os homens
    conseguem satisfazer seu instinto de "fecundar" varias fêmeas sem problemas. Enquanto isso as mulheres são usadas sexualmente por 40% dos homens e ainda assim tem a pressão de agradarem a mídia e o pensamento moderno, para serem bem-sucedidas, quanta melhoria o feminismo trouxe em.

    Enfim eu poderia escrever um blog desmascarando essas farsas, mas prefiro ir tirar meu sono viril e opressor.

    Beijos, interessadas estou disponível para encontros feministas, onde o sexo casual é legal, e somente quando a moça desejar, e as contas dos móteis e jantares devem ser dividas.

    Desculpas pelos erros, que devem ser vários, não vou revisar, sinto muito.

    Ah, ataque pessoais reforçam meu argumento de mulheres serem emocionais, e não tenho nada contra a pessoa do blog, inclusive escreva mais textos desse, eu e uns amigos rimos muito disso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro anônimo, seus argumentos já foram respondidos pela Simone de Beauvoir no livro "O Segundo Sexo" (link para download em PDF no início do texto). Não vale dizer que as ideias da moça não valem "porque ela é mulher". Como você bem colocou no final do seu texto, atacar o argumentador - e não o argumento - é para quem se deixa levar por emoções.

      Excluir
    2. Letícia, argumentos existem para gregos e troianos, li o livro da Simone a uns 6 meses, não li tudo, achei inútil uma vez que os "machistas" buscam a convivência pacifica, cada um no seu quadrado, e mulheres como a Simone pregam uma segregação quase irracional.Indico Nessahan Alita, ou o backup do blog do Silvio Koerich, nenhum dos dois é um escritor renomado, porém ambos falam de fatos e não de suposições e teorias. Enfim o fato é a decadência da sociedade moderna, mulheres são objetos por agirem como objetos, felicidades e sejam livres, leves e soltas, o líbido dos canalhas agradece.

      Excluir
    3. sou outro anonimo, nao o de cima

      muito do que foi descrito quase como um livro ali acima, apesar de ter sido de forma bem agressiva, retrata a realidade. A seducao é inconsciente na mulher, caso contrario nao existiriam mulheres que vao atras de bandidos, ou de ricacos de 70 anos solteiroes.

      basta aceitar que a atracao nao é racional, está sedimentada no instinto: homens sao atraidos pela visao; mulheres pela seguranca.

      Excluir
    4. Caro anônimo-não-o-de-cima,

      Tenho lá minhas aferições pessoais acerca do que é característico do homem e da mulher - e das outras categorias de gênero, que não param de pipocar. Mas veja, afirmações como a que você fez para mim não têm valor sem respaldo científico. "A sedução é inconsciente na mulher", "homens são atraídos pela visão", "mulheres são atraídas pela segurança". Isso é apenas o senso comum de um determinado grupo em uma determinada época. Eu aceito sim que a sedução não seja racional. Veja, o modelo cartesiano puramente racional já foi superado no meio científico, embora não tenha ainda dominado o senso comum. Sobre isso recomendo "O Erro de Descartes", do Damásio. Mas então concluo afirmando que todas as nossas decisões têm forte influência do sistema límbico e do que alguns hoje chamam de inteligência emocional. Sabia que tem uma pessoal da pesada estudando a influência das emoções no mercado financeiro, um meio tradicionalmente dominado por homens?

      Como vê meu caro, a racionalidade não é "privilégio" dos homens!

      Grande abraço!

      Excluir
    5. Cara Leticia

      Homens serem atraídos pela visão é algo já cientificamente comprovado. E mulheres pela segurança idem.
      Toda a polemica de "objetificação da mulher" nada mais é do que chamar a atenção dos homens. Homens olham para a bunda quase que automaticamente, e a sensação de olhar para ela causa um relaxamento mental enorme, quase como ficar olhando o mar do caribe.
      Se isso vai ser derrubado, não sei, mas para provar o contrário é preciso de muito estudo mostrando o contrário.
      Claro que beleza é subjetivo e cada homem vai achar um tipo de mulher atraente. O mesmo para a mulher, que segurança pode ser de várias maneiras (dinheiro, status, musculos, inteligencia, coragem, etc).

      Excluir
    6. Concordo com o Anônimo.

      O que ocorre é que as feministas, como grande parte dos grupos sociais modernos, vivem de relativismo achando que isso nada mais é que padrões sociais.

      Na verdade isso é a realidade de hoje e de sempre, os casos de homens super emotivos, sensíveis, indecisos é nada mais que um distúrbio comportamental devido a criação e as imposições sociais modernas, assim como a mulher com aspectos masculinos acentuados.Com toda essa luta pelo direito de algumas "minorias" o homem e a mulher se tornão androginos, favorecendo o objetivo de algumas elites mundiais, que é a perda da moral como conhecemos, com a decadência do cristianismo e a ascenção do bem estar social que trara mais lucros e poder a essas elites. Só como exemplo, os valores e moral cristãos não mudam com o tempo, por outro lado a moral e valores impostos pela mídia são metamorfoses ambulantes, de modo a favorecerem um ou outro nincho econômico.

      Enfim, altere o modo de vida de homens e mulheres através do relativismo e da luta pelo bem estar das "minorias" e tenha poder sobre eles.

      Excluir
    7. Se um dia foi importante a mulher ser bela e sensível, e o homem forte e grosso, hoje em dia já não é mais indispensável.
      Se não precisa ser assim e nós (mulheres) não queremos que seja assim, então... por que não mudar?
      DESAPEGUEM!

      Excluir
  9. "4. Aborto não é assunto seu. "

    Mas, a pensão é, né?

    As mulheres que são a classe privilegiada. Podem doar a criança e feministas ainda apoiam o aborto.

    Enquanto os homens SEMPRE são OBRIGADOS a pagar pensão. Ninguém quer saber se o homem não quis ter a criança. Ele é sempre obrigado a pagar pensão.

    Mulheres, que tal reverem os seus privilégios?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Anônimo, não compreendi seu ponto. Você, afinal, é a favor do aborto então? És um homem feminista então?

      Existe um mecanismo de controle muito, mas muito eficaz mesmo para prevenir a gravidez. Chama-se camisinha, estou certa de que você está familiarizada com ele. Pesquisas mostram que se você cuidar direitinho dela e colocar da maneira correta, ela não estoura.

      Mas, se filho houver, nada mais justo do que responsabilizar os responsáveis, não? As mulheres, além de geralmente ficarem com a guarda da criança (quase sempre comprometendo sua vida profissional) também arcam com parte do ônus financeiro de criar um filho. A pensão que o juiz determina (quase sempre um homem, diga-se de passagem) é um cálculo que procura converter em grana todo o trabalho de criar um filho, dividindo entre o casal este ônus.

      Excluir
    2. HAHAHAHAHHAHA

      Pelo visto mais comentários viris em...

      Com relação ao aborto vou citar uma frase de uma psicóloga:"Existe um mecanismo de controle muito, mas muito eficaz mesmo para prevenir a gravidez. Chama-se camisinha....- Letícia Bahia, a lagarta"

      Como pode as mulheres quase sempre ficarem com os filhos, quanto machismo, direitos iguais né, na próxima manifestação quero ver as feministas brigarem para os pais também ficarem com os filhos no divórcio, afinal não existe diferença entre homem e mulher, correto? kkkkkkk

      "mimimimimimimimimi"

      Excluir
    3. Por mais que a ciência tenha avançado, uma coisa ainda não conseguimos mudar: mulheres engravidam, homens não! E isso acarreta privilégios e desvantagens para ambos.

      Parece que justamente isso incomoda os homens. Tem um aspecto da vida em que não são poderosos e soberanos, ficam à mercê de outra. Vocês ainda estão buscando uma maneira de conseguir ficar apenas com os privilégios e empurrar todas as desvantagens para as mulheres, como é com todo o resto.

      Se você deseja um filho e a mulher não, ela não engravidará, e ponto. Não vejo isso como uma questão, pois o inverso também é verdade: se o cara não quer ter filhos, o casal não terá (a menos que a mulher o engane).

      Agora, diante de uma gravidez indesejada (que me parece ser sua maior preocupação) o homem fica refém da decisão da mulher: se ela quiser abortar e ele quiser ter o filho, a decisão será dela. E se ela quiser ter o filho, ele será obrigado a não apenas pagar a pensão, como você citou, mas a SER PAI (e é incrível como essa última parte nem chega a ser uma preocupação para a maior parte dos homens, o único incômodo mesmo é o financeiro, é a pensão).

      Bom, se a sua reclamação é que os homens são obrigados a acatar uma decisão da mulher, basta você ter em mente que também foge ao nosso controle (se não quisermos realizar um aborto), ter um pai para nosso filho. Não escolhemos se iremos ser mães solteiras e criar nossos filhos sozinhas. Não temos essa escolha. E quando da descoberta de uma gravidez indesejada a mulher geralmente se vê sozinha, tendo que arcar com os custos financeiros e emocionais de um aborto, ou com os custos financeiros, emocionais, profissionais e sociais de ter um filho. E isso, caro "anônimo", também não é uma escolha das mulheres.

      Não foi minha escolha também ter que me preocupar todos os dias em tomar hormônios (com diversos efeitos colaterais - DIVERSOS!-) para prevenir uma gravidez, enquanto sua única preocupação é sair por aí "passando a vara em geral", enquanto elas que se preocupem com a gravidez. Também não foi nossa escolha sofrermos de cólicas e menstruarmos todo mês porque pode ser que algum dia queiramos ter um filho. Não, não tivemos essa escolha.

      Não escolhi eu engravidar e ter que me afastar do trabalho por 5 meses, e engordar, e ter dores, e parir.
      Tenha certeza: se eu pudesse escolher, escolheria que a gravidez ficasse a cargo dos homens! Sim, pode ficar com essa responsabilidade para você, se quiser!

      Nós temos que nos preocupar com nosso útero tanto quanto você tem que se preocupar diariamente com o local onde deposita seu sêmen.
      Engravidar ou abortar, nesse caso, é algo com o qual a mulher TERÁ que lidar, contra sua vontade. Assim como assumir uma criança (e isso inclui pagar pensão, mas não só) será algo que você terá que lidar mesmo contra a sua vontade.

      Então, para mim, sua indignação é muito simples: você quer o controle total, e que apenas outros paguem pela sua irresponsabilidade. Você quer trepar, mas sem consequência alguma. E que todos façam o que tiver que ser feito para livrá-lo das consequências de um ato irresponsável seu.

      Engravidar pode ser uma coisa boa, ou desastrosa. Não seja covarde e deixe todo o ônus às mulheres. Todos sofrem numa situação dessas. Não queira encontrar um jeito de se safar disso. Nós, mulheres, convivemos DIARIAMENTE com o "fardo" de poder engravidar, mesmo quando não engravidamos. E somos OBRIGADAS a lidar com a gravidez, mesmo quando decidimos entregar a criança para adoção. Você terá que aprender a lidar com isso também. Aceite!

      Excluir
    4. E finalizando:

      Agora, por um momento, se coloque no lugar da mulher. Feche seus olhos. Imagine que você foi numa balada ontem e transou com uma mina e VOCÊ engravidou. Você está decidido que não quer ser pai. Você realmente acha que a opinião da menina teria relevância para você, na hora de decidir o que fazer com o seu corpo, com a SUA vida?
      Você jura que se por algum momento tivesse medo das sequelas do aborto (como complicações, infecções, traumas, questões morais, financeiras, ou até mesmo MORTE) alguém teria o direito de te OBRIGAR a realizar o aborto? Pense bem.

      Excluir
  10. 1. Não sou opressor coisa nenhuma. Na sociedade pênis não tem valor, enquanto vaginas são idolatradas.
    Muitos homens perdem vagas de emprego para uma mulher de decote.
    Seios de mulheres é considerado nudez e faz parte do sistema reprodutor.
    A mulher mostrar os seios é o equivalente ao homem mostrar o pênis.
    Já viu uma mulher ser chamada de tarada por mostrar os seios? Já o homem, além de ser chamado de tarado, ainda pode ser linchado.
    As pessoas julgam um homem pela sua roupa sim. Quem é bem visto o de gravata ou o de bermuda? Anda de bermuda é ser visto como vagabundo. Ninguém lhe respeita.
    Homens têm 11 vezes mais chances de serem assassinado.
    Mulheres têm 13 anos a mais de aposentadoria. Além de Lei Maria da Penha, delegacia da mulher, hospital da mulher, etc.
    Em suma: você, MULHER, tem MUITOS privilégios que os homens não têm. Você é beneficiária do patriarcado/matriarcado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkk muito bom

      Excluir
    2. "Seu comentário estará visível depois de ser aprovado."

      isso está me cheirando a sentimentalismo....me cheirando a discussões em nivel emocional....falta logica nisso....AHHH, mulher! ;)

      Excluir
  11. 5. O corpo da mulher dá vantagens para mulher. Por isso, que a indústria feminista é toda sexualizadas. Vestuário feito para levantar a bunda da mulher, deixa-la mais "gostosa", para atiçar a libido masculina, deixa-lo de pau duro. E mulheres têm prazer nisso. Muitas mulheres assumem passar por canteiros obras só para ver se está tudo ok com o visual.

    ResponderExcluir
  12. 7. Mais de 90% dos homens são mendigos. E as piores profissão são ocupadas por homens. É muito cômodo para você, Letícia, olhar só para o topo da pirâmide do poder e ignorar a base..

    ResponderExcluir
  13. porque diabos eu devo concordar com um texto que me trata como um monstro estupido?

    ResponderExcluir
  14. As feministas não querem que os homens vejam-nas como um “pedaço de carne”. Porque elas são confusas em relação à atração sexual que sentimos pelas mulheres: elas acham que isso as diminui, mas elas usam o corpo como expressão máxima de sua "liberdade" e pecam pelo reducionismo de definir "liberdade" como "usar o corpo sem culpa". Feministas são obcecadas pelo corpo, e isso é contraditório pra cacete.

    E quer saber? As mulheres nos devem gratidão, pelo esforço sobre-humano que fizemos desde a Idade da Pedra para protegê-las e dar a elas um mundo mais confortável.

    Se as mulheres usassem mais a razão, perceberiam o engodo que esse feminismo é, e perceberiam que o único direito que elas conseguiram com isso, até agora é o direito de trabalhar dobrado: fora de casa, e dentro de casa.

    ResponderExcluir
  15. Só discordo da utilização da camisa em público. Desenvolveu-se e foi aceita a noção sexual dos seios, da mesma forma que o pênis e a vagina. Sair de biquíni não é problema (legal ou estabelecido), logo.. discordo de você. Fora isso, ótimo texto! Boa escritora você, e bom.. não me meto no feminismo, deixo como está. Grande abraço!

    ResponderExcluir

Trocar ideia é legal. Para troca de ofensas, favor dirigir-se a outro guichê.